Uso do ponto e vírgula

O ponto e vírgula marca uma pausa mais longa que a vírgula, no entanto menor que a do ponto. Justamente por ser um sinal intermediário entre a vírgula e o ponto, fica difícil sistematizar seu emprego. Entretanto, há algumas normas para sua utilização. Emprega-se o ponto e vírgula para:

  • Separar orações coordenadas que já venham quebradas no seu interior por vírgula.

  • Exemplos:

    Ela prefere cinema; eu, teatro.
    Os réus protestaram; os juízes, no entanto, não cederam.

  • Separar orações coordenadas que se contrapesam em força expressiva (formando antítese, por exemplo).

  • Exemplos:

    Uns acordam; outros dormem.
    Muitos se esforçam; poucos alcançam.

  • Separar orações coordenadas de certa extensão.

  • Exemplo:

    Os jogadores da seleção de vôlei reclamaram com razão das inúmeras críticas do técnico; porém o teimoso técnico continuou indiferente aos apelos dos atletas.

  • Separar os diversos itens de um considerando ou de uma enumeração.

  • Exemplo:

    Considerando:
    a) a excessiva inflação;
    b) as altas taxas de desemprego no país;
    c) a recessão econômica;
    solicitamos especial atenção ao nosso pedido.

    5/5 - (1 vote)