Divagar ou Devagar?

Na hora de escrever algumas palavras que tem a pronúncia muito parecida, ou até mesmo iguais, causam muita confusão. É normal errar essas palavras algumas vezes, porém a melhor maneira de evitar estes erros é conhecendo bem o significado dessas palavras e quais são as suas funções. Um caso não tão popular, mas que ainda sim causa bastante problema na hora da escrita são as palavras “divagar” e “devagar. Essas duas podem se parecer na grafia e na pronúncia, mas suas funções e significados são completamente diferentes.

Divagar

Essa palavra tem a função morfológica de verbo, e seu significado é de “imaginar”, “fantasiar” ou até mesmo “devanear”. Ou seja, quando uma pessoa está “voando nos pensamentos” podemos dizer que ela está “divagando”. É muito comum também o uso desta palavra quando a pessoa começa a se perder em sua fala e fugir do assunto. Como é um verbo, muitas vezes “divagar” será flexionado conforme o tempo, modo, voz, pessoa ou número. Veja alguns exemplos para entender melhor:

  • Foque-se, nada de divagar enquanto faz o trabalho.
  • Antes de escrever e ele começa a divagar.
  • Ele anda divagando.

Devagar

Esta palavra tem a função de advérbio, e se classifica como um advérbio de modo. Esta palavra é ligada ao verbo e dá a ideia de lentidão, falta de velocidade. Quando é dito que uma pessoa é devagar significa que ela é lenta, lerda. Também pode ser usado com o significado de falta de esperteza, raciocínio lento. Veja alguns exemplos:

  • Este carro está devagar porque quebrou.
  • Ele anda devagar
  • Fabiano é muito devagar, ainda não entendeu a piada.
Divagar ou Devagar?
4.7 (93.33%) 15 votos