Os pronomes são palavras que substituem, referem-se ou acompanham um nome, ou seja, um substantivo. O uso dos pronomes pode variar pelo número do substantivo em questão, pelo seu gênero, pessoa ou função que exerce no texto. O contexto é o único fator que pode definir a relação entre pronome e um substantivo. Pronomes podem substituir, identificar, apontar e qualificar um substantivo. O termo pronome tem origem no latim, e seu significado é: “Que está no lugar do nome”.

Classificação dos Pronomes

Os pronomes são classificados em seis grupos, e cada uma dessas classes representa uma diferente função que os pronomes podem ocupar. As seis classes de pronomes são: pessoais, possessivos, demonstrativos, indefinidos, interrogativos e relativos.

Pronomes pessoais.

Os pronomes pessoais são aqueles que se relacionam diretamente com as pessoas do discurso, seja substituindo ou acompanhando o substantivo. Estes pronomes podem ser divididos em dois grupos: Pronomes pessoais do caso reto e pronomes pessoais do caso oblíquo. Cada pronome é usado de acordo com a pessoa e o número. Os pronomes pessoais do caso reto ocupam a função de sujeito em uma oração. Já os pronomes pessoais do caso oblíquo exercem a função de complemento dos verbos, seja objeto direto ou indireto. Aprenda a utilizá-los corretamente lendo nossa página que trata exclusivamente de colocação pronominal.

Antes de mostrar os pronomes é preciso entender melhor as pessoas do discurso.

  • 1ª Pessoa: Quem fala
  • 2ª Pessoa: Com quem se fala
  • 3ª Pessoa: De quem se fala

Pronomes pessoais do caso reto

Número Pessoa Pronome
Singular 1ª Pessoa Eu
2ª Pessoa Tu, Você
3ª Pessoa Ele/Ela
Plural 1ª Pessoa Nós
2ª Pessoa Vós, Vocês
3ª Pessoa Eles/Elas

Pronomes pessoais do caso oblíquo

Número Pessoa Pronome
Singular 1ª Pessoa me, mim, comigo
2ª Pessoa te, ti contigo
3ª Pessoa Lhe, a, o, para ele/ela, com ele/ela
Plural 1ª Pessoa Nos, conosco
2ª Pessoa Vos, convosco
3ª Pessoa Lhes, os, as para eles/elas, com eles/elas

Há também um tipo de pronome pessoal que só pode ser usado na voz reflexiva. São classificados como pronomes refglexivos. São considerados reflexivos os pronomes obliquos: “se” e “consigo”

Pronomes Possessivos

Assim como o próprio nome já deixa transparecer, os pronomes possessivos são aqueles que se referem as pessoas do discurso atrobuindo a uma delas posse sobre alguma coisa ou alguém.

Número Pessoa Pronome
Singular 1ª Pessoa meu/minha, meus/minhas
2ª Pessoa teu/tua, teus/tuas
3ª Pessoa seu/sua, seus/suas
Plural 1ª Pessoa Nosso/nossa, nossos/nossas
2ª Pessoa Vosso/vossa, Vossos/Vossas
3ª Pessoa Seu/sua, seus/suas

Pronomes Demonstrativos

São pronomes que demonstram a posição de um elemento em relação à pessoa do discurso, seja no tempo, no espaço ou no próprio discurso.

Pessoa Pronome
1ª Pessoa este, esta, estes, estas, isto
2ª Pessoa esse, essa, esses, essas, isso
3ª Pessoa aquele, aquela, aqueles, aquelas, aquilo

Pronomes Indefinidos

São os pronomes que atribuem à pessoa do discurso um sentido vago ou genérico.

São pronomes indefinidos: algum, nenhum, todo, muito, pouco, vário, tanto, outro, quanto, alguma, nenhuma, toda, muita, pouca, vária, tanta, outra, quanta, alguns, nenhuns, todos, muitos, poucos, vários, tantos, outros, quantos,
algumas, nenhumas, todas, muitas, poucas, várias, tantas, outras, quantas, alguém, ninguém, outrem, tudo, nada, algo, cada, qualquer, quaisquer.

Pronomes interrogativos

São pronomes indefinidos usados em frases interrogativas.

Podem ser considerados pronomes interrogativos: que, quem, qual, quanto, quanta, quantos, quantas.

Pronome Relativos

Os pronomes relativos são aqueles que ocupam uma função de referência, retorno. São palavras que fazem referência a algum elemento que já foi citado antes. Os pronomes relativos também podem fazer referência a uma oração inteira.

São considerados pronomes relativos: Qual, o qual, a qual, os quais, as quais, cujo, cuja, cujos, cujas, Que, Quanto, Quantas, Quantos, Onde.