“Meio” ou “meia”

A frase “Ela está meia abatida”, apesar de não estar de acordo com as regras de nossa língua portuguesa, não é tão incomum no cotidiano. O uso do “meia” ao invés de “meio”, nestas situações, é muito corriqueiro, e os motivos desse erro tão recorrente é o desconhecimento da função de advérbio de intensidade exercido pela palavra “meio”. Entenda um pouco mais sobre o assunto e conheça o uso correto de ambas as palavras.

Para entendermos melhor o problema, precisamos saber qual o significado da palavra “meia”. Este vocábulo é um numeral fracionário que representa a metade de algo. Em outras palavras, quando você diz “meia laranja”, está se referindo a metade de uma laranja, a mesma coisa com “meia hora”, “meia página” e “meia semana”. Por conta disso, no momento em que esta palavra é usada na frase “Ela está meia abatida”, o significado dela se torna algo parecido com “metade do corpo dela está abatido, o outro não”.

Com isso em mente, podemos passar para a outra palavra. “Meio” é o masculino de “meia”, ou seja. também pode ser usado como um numeral fracionário, como em “meio ano”, “meio metro” e “meio minuto”. Sua função, porém, não se resume a isso, “meio” também é um advérbio de intensidade, ou seja, ela tem o objetivo de modificar o processo verbal, neste caso em específico, qualificando-o quanto a intensidade. O seu uso como advérbio pode ser vistos nas seguintes frases:

  • “Ele está meio triste”
  • “Ela é meio calada”
  • “Os estudantes são meio baderneiros”

Você pode notar que em nenhum momento a palavra “meio” ficou no feminino ou no plural. Isso acontece porque os advérbios são invariáveis, ou seja, não mudam de gênero ou numero. Apesar de ser difícil entender com esta palavra, quando comparamos a mesma frase usando os advérbios de intensidade “meio” e “muito”, fica mais fácil para se entender.

  • “A menina é muito bonita”
  • “A menina é meio bonita”

  • “Eles são muito legais”
  • “Eles são meio legais”

É bem incomum ouvir ou ler “muita bonita” ou “muitos legais”, o erro fica gritante nessas situações. É a mesma coisa para “meio” quando usado como advérbio. Entendendo isso é bem mais difícil você confundir na próxima vez que for usar “meia” ou “meio”.

2.4/5 - (28 votes)