“Mandado” ou “mandato”

As vezes, o nosso idioma pode ser bem escorregadio, principalmente quando se tratando de palavras parônimas, ou seja, aquelas que tem uma oralidade e escrita bem parecidas, porém significados diferentes. No meio de diversas palavras assim, temos a dupla “mandado” e “mandato”, que apesar de terem apenas uma letra de diferença, podem mudar o sentido daquilo que quer ser dito. Veja as diferenças de significado de cada uma das palavras, além de exemplos para facilitar ainda mais o entendimento.

Mandado

Esta palavra pode ser um substantivo ou um adjetivo. Como substantivo, se refere a ordens judiciais ou algum tipo de despacho administrativo. Já na forma de adjetivo, tem o significado de alguém ou algo que recebeu uma ordem, foi enviado. “Mandado” também é o particípio do passado do verbo “mandar”. Veja alguns exemplos do uso desta palavra em frases.

  • A policia está com o mandado do juiz em mãos.
  • Esse rapaz é um pau-mandado.
  • Meu chefe tem mandado na firma com punhos de ferro.

Mandato

Este vocábulo só exerce a função de substantivo, e seu significado está relacionado à delegação de poderes, autorização de agir sobre o nome de uma outra pessoa. É bem comum na política, é referente ao tempo de duração de um cargo eleitoral. Veja alguns exemplos em frases.

  • O presidente tem um mandato de 4 anos.
  • O mandato do sindico do prédio está quase acabando.
3.2/5 - (6 votes)