As interjeições são palavras invariáveis, normalmente utilizadas para transmitir de maneira espontânea uma sensação, emoção, estado de espírito. Existem também grupos de palavras que podem se comportar como uma interjeição, as chamadas locuções interjectivas. As interjeições funcionam como verdadeiras frases, são capazes de passar todo o conteúdo de uma mensagem assim como uma frase faz, e tudo em apenas algumas palavras, às vezes só uma. Muitas vezes é indispensável conhecer o contexto para entender do que trata a interjeição, pois é bem possível confundir a ideia expressa por uma dessas palavras se o contexto dela não for de conhecimento do receptor.

Exemplos de interjeições

  • Oba! Eba! Viva! – Expressam alegria.
  • Ui! Ai! – Expressam dor.
  • Oh! Ah! Ih! Opa! Vixe! Caramba! Meu Deus! Nossa Senhora! – Expressam susto, surpresa ou espanto.
  • Alô! Olá! Oi! Ei! – Expressam chamamento.
  • Credo! Uh! Cruzes! – Medo.
  • Arg! Eca! – Nojo.
  • Deus te ouça! Quem me dera! Tomara! – Desejo, anseio.
  • Upa! Firme! Eia! – Estímulo
  • Cala a boca! Quieto! Psiu! – Pedido de silêncio.
  • Fora! Xô! – Afugentamento.
  • Ufa! – Cansaço e alívio.