“Imergir” e “emergir”

As duas palavras estão corretas e existem na língua portuguesa. No entanto, são antônimas – seus significados são opostos, contrários ou inversos uma da outra – e parônimas – grafia e pronuncia parecida, mas, como já citado, com significados diferentes.

O vocábulo “imergir” significa, essencialmente, afundar ou mergulhar algo em líquido, já a palavra “emergir” significa que algo saiu de onde estava mergulhado, veio à tona.

Imergir

A palavra tem a sua origem no latim “IMMERGERE”, que significa o ato de afundar algo. O termo também é usado para denotar que algo foi absorvido por alguma coisa ou introduzido em algum lugar.

Exemplos:

  • Todos os convidados imergiram no mundo mágico do circo
  • O submarino imergiu no oceano atlântico

Emergir

A palavra tem a sua origem no latim “EMERGERE” e significa o ato de elevar algo ao nível da água. Também é usado para denotar que alguma coisa se manifestou, apareceu, surgiu, veio à tona.

Exemplos:

  • Os mergulhadores irão emergir após 30 minutos de mergulho
  • Novos escândalos de corrupção emergiram no fim deste mês

– Vale ressaltar que, na língua portuguesa, os prefixos ‘i-‘, ‘in-‘, ‘im-‘ indicam movimento para dentro (ex: interno, importar, imigração). Já os prefixos ‘e-‘, ‘ex-‘ indicam movimento para fora (ex: externo, exportar, emigração).

5/5 - (2 votes)