“Em cima” ou “encima”?

Se você ainda tem dúvidas quanto ao uso dos vocábulos “em cima” e “encima”, saiba que as duas formas existem na língua portuguesa e estão corretas. No entanto, os seus significados e a aplicação são diferentes. A confusão na grafia da locução adverbial ‘em cima’ ocorre porque os falantes equivocadamente estabelecem um paralelismo com o advérbio ‘embaixo’.

A locução ‘em cima’ indica uma ‘posição elevada/superior’, ‘sobre’, ou seja, algo ou alguma coisa que encontra-se em um lugar mais alto que outra. ‘Em cima’ é antônimo (contrário) de ‘embaixo’. Exemplos:

  • Adriele colocou os livros em cima da mesa.
  • O gato de Teresa vive em cima do sofá.
  • Você pode deixar os documentos em cima da estante, por gentileza?

Já a palavra ‘encima’ vem do verbo ‘encimar’ conjugado na segunda pessoa do singular do imperativo ou na terceira pessoa do singular do indicativo. Pouco utilizado pelos falantes, o verbo significa colocar em cima de’, ‘elevar’, ‘coroar’, ‘algo situado acima de’. Exemplos:

  • O slogan criado encima toda a campanha publicitária.
  • A professora foi encimada vice-diretora do colégio.
  • Uma cereja encima o bolo de aniversário.
“Em cima” ou “encima”?
4.9 (97.46%) 63 votos