“Colaborar”, “cooperar” e “corroborar”

A princípio, podemos pensar que devido ao fato das palavras ‘colaborar’ e ‘cooperar’ serem sinônimas – pois ambas sugerem a ideia de ajuda – o significado é, essencialmente, o mesmo. No entanto, a diferença entre os vocábulos é notável, sobretudo, no seu emprego em expressões e combinações.

Exemplos:

  • Diz-se ‘colaborar com a felicidade dos outros é gratificante’ e não ‘cooperar com a felicidade dos outros é gratificante’
  • Diz-se ‘colaborou numa revista’ e não ‘cooperou numa revista’

Em resumo, ‘colaborar’ e ‘cooperar’ justapõem-se numa imensa área semântica, sendo o uso do primeiro vocábulo mais frequente com determinadas unidades lexicais. A ‘preferência’ no emprego da palavra, por vezes, é chamada de colocações.

Quanto a ‘corroborar’, muitos a confundem com o vocábulo ‘colaborar’, contudo as palavras possuem significados diferentes. Corroborar significa comprovar (opiniões, fatos), atestar, confirmar a existência de algo. O emprego do termo também pode indicar a obtenção de força e que algo ou alguém tornou-se forte.

Exemplos:

  • O delegado corroborou o depoimento da vítima.
  • Os fotos corroboram o que estou dizendo.
4.2/5 - (24 votes)