“Atuar” ou “Autuar”

Existem diversas pegadinhas na língua portuguesa que fazem com que várias pessoas cometam erros que, apesar de parecerem bobos e pequenos, podem mudar completamente o significado de uma frase. Muitas vezes, adicionar uma letra em uma palavra pode desvirtuar praticamente tudo o que foi dito. A dupla “atuar” e “autuar” é uma dessas pegadinhas linguísticas. Veja aqui o significado e o uso de cada uma delas para evitar que esse equivoco apareça em seus textos!

Atuar

Este verbo se refere ao ato de praticar uma atividade ou ação, e pode ser um sinônimo das seguintes palavras: “exercer”, “operar”, “agir” entre outras. Esta palavra também pode significar o ato de interpretar um papel como ator ou atriz, ou de ter uma função/ocupação. Veja alguns exemplos de frases com o uso desta palavra.

  • Eles precisam atuar rapidamente.
  • O ator não está atuando com propriedade.
  • Hoje eu atuo como advogado.

Autuar

Esta palavra também é um verbo, porém seu significado está relacionado com o substantivo auto, termo usado no meio jurídico, e refere-se às peças, como petições e certidões, produzidas durante o processo jurídico. Autuar é sinônimo de palavras como: “multar”, “processar”, “penalizar” e “lavrar”. Veja alguns exemplos do uso desta palavra em frases.

  • Ele foi autuado em flagrante.
  • O policial não autuou nenhum de nós.

OBS: Uma expressão que ainda piora essa pegadinha: “Autuar em flagrante”. Além da confusão entre “autuar” e “atuar”, ainda existe nessa frase o problema entre “flagrante” e “fragante”.

3.7/5 - (3 votes)