“Discriminar” ou “descriminar”

Uma situação bem comum em nossas vidas é encontrar duas pessoas que são muito parecidas, a ponto de parecerem irmãs. mas além delas não terem quase nenhuma relação, contam com personalidades completamente diferentes. É mais ou menos essa a situação das palavras “discriminar” e “descriminar”, ambas são palavras do português que estão corretas, mas apesar da semelhança, tem significados bem diferentes. Entenda melhor o que essas palavras significam e quais os usos delas.

Discriminar

Esta palavra tem a função morfológica de verbo, que neste caso, representa uma ação. “Discriminar” tem o significado de “diferenciar” ou “estabelecer uma ou mais diferenças”, e por conta disso, também pode significar a ação de especificar de alguma forma. Pode-se considerar também discriminação quando algo ou alguém é isolado ou afastado de um determinado grupo por conta de diferenças. Veja alguns exemplos de frases com o uso desse verbo.

  • A professora pediu para eu discriminar essas duas espécies de plantas.
  • Ela se queixou ao pai que estava sendo discriminada por usar óculos.
  • Discrimine as principais características desta pintura.

Descriminar

Apesar de também possuir a função de verbo, “descriminar” tem um sentido completamente diferente da palavra anterior. Pode ser entendida como “inocentar” ou “isentar”, é o ato de tirar a culpa de um crime de algo ou alguém. Veja alguns exemplos do uso deste verbos em frases.

  • Ele foi descriminado por falta de provas.
  • Você não pode descriminar alguém que cometeu um crime assim!
  • Esse política discute muito sobre como descriminar o uso de narcóticos.
4/5 - (21 votes)